ambiente seguro psicologicamente

8 maneiras de criar um ambiente psicologicamente seguro

Quer uma equipe mais feliz e produtiva? Veja como criar um ambiente psicologicamente seguro que estimule a aceitação, a diversidade e a colaboração.

“Bem-vindo à família.” É assim que deve parecer desde o início, quando novas pessoas se juntam à equipe em qualquer empresa.

Claro, relacionar um local de trabalho a uma casa é uma promessa ambiciosa. Para viver de acordo com isso, você precisa garantir que sua equipe experimente um lugar seguro onde possa ser quem é, sem medo de ser punido ou humilhado por compartilhar suas ideias, levantar preocupações ou cometer erros.

Mas como criar um ambiente psicologicamente seguro? Neste artigo listamos 8 maneiras de como os líderes podem fazer isso.  

1. Crie espaço para transparência em um ambiente psicologicamente seguro

A segurança psicológica começa com a experiência de pertencimento – uma das necessidades mais básicas de todo ser humano. 

No entanto, é difícil para as pessoas sentirem que fazem parte de uma história compartilhada se não tiverem visibilidade para as discussões e processos de tomada de decisão mais importantes em sua organização.

Para resolver isso, duas coisas são especialmente eficazes:

  • Compartilhar abertamente o máximo que puder o mais cedo possível, mesmo quando sentir que não tem tempo;
  • Criar sistemas que aumentam a transparência em toda a organização.

Ambos levam muito tempo, mas sempre compensam. 

Agendar atualizações semanais com as equipes, usando e convidando outras pessoas a usar sistemas construídos para melhorar o fluxo de informações é um passo super importante para a criação de uma segurança psicológica.

2. Para um ambiente psicologicamente seguro, ajude as pessoas a se conectarem umas com as outras

Pertencer significa não apenas saber o que está acontecendo, mas também se sentir próximo dos outros. Embora a tecnologia possa ajudar com isso, não é suficiente. 

Criar intimidade durante esses tempos híbridos sem precedentes pode ser desafiador, mas as pequenas coisas podem ir muito longe.

Compartilhar hobbies em uma reunião de trabalho pode parecer perda de tempo, mas encontrar interesses comuns ajuda as pessoas a se conectar: ​​durante a pandemia, clubes formados em torno de interesses comuns, como música, séries e até mesmo esportes podem ajudar a manter o ânimo das equipes.

3. Crie uma cultura de feedback com pequenos hábitos diários 

Para ajudar as pessoas a se sentirem confortáveis ​​para expressar suas opiniões, faça disso uma prática regular. 

Coletar feedback de atividades diárias – por exemplo, depois de cada reunião de vendas com clientes, é importante reservar um tempo para dar feedback uns aos outros: Como foi? Onde tivemos sucesso? O que poderíamos fazer melhor da próxima vez? E o mais importante: o que aprendemos?

Embora tenham muitos outros métodos para coletar feedback regularmente, essas pequenas rotinas diárias são uma maneira poderosa de ajudar todos a ver que suas opiniões são valorizadas e desenvolver a habilidade de dar e receber feedback.

4. Aprenda a aceitar a crítica para desenvolver um ambiente psicologicamente seguro

Um dos maiores desafios como líder provavelmente é aprender a valorizar o feedback negativo e as opiniões divergentes. 

Frequentemente, a primeira reação às críticas é ficar na defensiva ou tentar justificar por que estamos certos. 

No entanto, para construir um ambiente psicologicamente seguro, você deve aprender a valorizar todas as contribuições, mesmo quando elas não são o que você espera ou conflitam com sua própria visão.

Comece com um genuíno “obrigado”, que lhe dá um pouco de tempo para respirar e resistir à reação emocional intuitiva às críticas. 

Também não há problema em deixar os outros saberem se você está tendo dificuldade em aceitar o ponto de vista deles e precisa revisá-lo mais tarde.

5. Tenha a coragem de intervir

Uma boa parte da criação de segurança psicológica é ter a coragem de falar quando alguém age de forma inadequada – independentemente de onde eles existam na hierarquia organizacional.

Todos nós já passamos por isso: você está em uma reunião e alguém faz uma piada ou comentário ofensivo – e ninguém parece notar. 

Planejamento estratégico da saúde mental e cuidado com os colaboradoresPowered by Rock Convert

É durante esses momentos que a verdadeira liderança é testada, oferecendo uma oportunidade de intervir e ajudar o indivíduo infrator a entender que está quebrando as regras. 

Isso é importante porque não falar será interpretado como uma aprovação silenciosa, e qualquer cultura que aprove ou aceite a discriminação nunca será psicologicamente segura.

6. Mostre às pessoas que não estão sozinhas

O trabalho remoto tem sido um sucesso para muitos em termos de produtividade, mas o isolamento também tem seus desafios. 

Isso é especialmente verdadeiro para os funcionários juniores, muitos dos quais começaram suas carreiras sem o benefício da interação pessoal com os colegas.

Uma pesquisa da Korn Ferry, empresa global de consultoria organizacional, aponta que 70% dos profissionais dizem que trabalhar remotamente é o novo normal e que retornar à rotina do escritório será “difícil” e “estranho”.

Por isso, é muito importante prestar apoio para os membros da equipe que estão trabalhando remotamente ou no escritório, pois é crucial que eles saibam que não estão sozinhos nesse novo modelo de trabalho. 

Isso significa estar disponível quando eles precisam de orientação profissional ou emocional e usar sua experiência com projetos e pilhas de tecnologia para ajudá-los nos tempos mais difíceis. 

É tudo uma questão de equilíbrio – esteja lá para fornecer suporte, mas não micro gerencie todos os seus movimentos.

Mantenha um alto nível de confiança com os membros de sua equipe, estabelecendo uma estratégia de comunicação eficaz. Os membros da sua equipe devem saber como e quando podem entrar em contato com você, se necessário.

7. Planeje eventos presenciais

Todos se beneficiam com a interação pessoal ocasionalmente, especialmente porque a fadiga do zoom e o languishing costuma dificultar a concentração em reuniões online. 

Voltar a organizar eventos sociais é uma ótima maneira de as pessoas se conhecerem melhor, compartilhar suas experiências e aumentar o conhecimento de suas funções.

Workshops estruturados que enfocam o aprimoramento de habilidades em várias áreas também são extremamente valiosos. 

Eles devem se concentrar não apenas nas habilidades técnicas básicas, mas também em áreas como gerenciamento de tempo, planejamento de projetos e como manter seu bem-estar emocional no local de trabalho. 

As interações face a face podem fazer maravilhas quando se trata de desenvolver essas disciplinas.

Embora a pandemia tenha sido difícil para empresas e funcionários, ela também apresentou oportunidades para expandir conjuntos de habilidades e desenvolver novas capacidades que podem não ter sido consideradas essenciais no mundo pré-pandêmico. 

Envolver-se efetivamente com sua equipe de novas maneiras requer habilidades suaves.

Em qualquer carreira, é importante avaliar constantemente o desempenho e buscar áreas de melhoria, e as habilidades sociais devem fazer parte disso. 

No novo mundo do trabalho, os líderes que adotam as dicas listadas acima verão níveis aprimorados de produtividade e realização de suas equipes. Lembre-se: o sucesso é alimentado por membros da equipe felizes, valorizados e motivados.

8. Para criar um ambiente psicologicamente seguro, invista em saúde mental e bem-estar

Proporcionar saúde mental para o colaborador é um fator primordial em qualquer relação trabalhista atualmente, pois, sem o esforço humano, não há desenvolvimento. 

É muito perceptível que a flexibilidade, apoio psicológico, cultura organizacional saudável e um ambiente holístico são beneficiais não somente para a equipe como também para toda a empresa. 

Um líder que consegue lidar com as novas dificuldades que os novos modos de trabalho apresentam e ainda consegue fornecer um ambiente psicologicamente seguro com certeza está a frente de muitas empresas. 

A Holos é uma Health Tech que pode auxiliar na promoção do bem-estar e saúde mental do colaborador com práticas como meditação, pilates, terapia sonora e talks que contribuem para o desenvolvimento de um ambiente de trabalho seguro para todos os colaboradores. 

Para conferir um pouco de nosso trabalho, confira nosso Talk sobre felicidade profissional, feito no evento Cuidar para Transformar. 

bem-estarPowered by Rock Convert