saúde mental

Porque as empresas devem promover saúde mental dos colaboradores no ambiente de trabalho?

“Durante nossa vida adulta, uma ampla proporção do nosso tempo é gasta no trabalho. Nossa experiência no local de trabalho é um dos fatores que determinam nosso bem-estar geral”, disse a OMS.

Saúde mental é um tema que cada vez mais tem sido abordado nas empresas, principalmente desde o início da pandemia do Coronavírus. O Brasil, por ser um dos países onde mais se tem casos de depressão e ansiedade, destaca a necessidade de cuidados com o bem-estar físico e mental. 

Uma grande gama dos profissionais sofre de ansiedade, depressão, estresse e outros problemas psicológicos que comprometem a qualidade das atividades e o relacionamento entre as equipes de trabalho. Por isso, surge a importância das empresas e dos gestores adotarem iniciativas que promovam uma boa qualidade de vida, pautada na saúde mental dos funcionários no ambiente corporativo. 

Vivemos em um mercado que cada dia é mais competitivo, com acúmulo de pressões, cobranças e estresse. Manter uma carreira estável ainda é, em muitos lugares, considerado sinônimo de ansiedade e outros tipos de sofrimentos mentais, o que torna a saúde mental no ambiente corporativo ainda mais essencial. 

Os gestores que adotam iniciativas e soluções para a promoção da saúde mental no ambiente corporativo, e apoiam seus funcionários que têm algum transtorno mental, observam enormes ganhos não apenas na saúde de seus funcionários, como também em sua produtividade e motivação.

As organizações que não se adaptarem a essa nova realidade tende a perder talentos e ter alta rotatividade, além de índices de insatisfação. A modernização e a competição do mercado exigem um trabalhador engajado e ativo, características que somente um colaborador satisfeito com seu ambiente de trabalho terá.

Além disso, um ambiente de trabalho que possui uma comunicação organizacional desorganizada pode piorar a situação da saúde mental e até física dos colaboradores, além do agravamento do estresse e possivelmente síndrome de burnout. 

A saúde mental no contexto pandêmico 

O cenário em que vivemos, em uma pandemia, aumentou consideravelmente no número de casos de depressão e ansiedade no ambiente de trabalho. Por ainda ser considerado um tabu, muitas empresas ainda deixam esse tema tão crucial de lado. 

O home office pode causar um grande estresse, mas ele não é a única causa do aumento dos transtornos psicológicos vividos pelos colaboradores, e sim todo o contexto delicado de incertezas que o mundo vive. O cenário atual contribui para a insegurança e ansiedade, o que pode ser um gatilho para pessoas procurarem mais satisfação e sentido em sua carreira profissional. 

Todo esse contexto levou a população brasileira ser acometida por um excesso de preocupação, ansiedade e medo com relação a sua sobrevivência e de seus familiares. Tudo isso influencia diretamente no rendimento no trabalho e por isso a grande importância em se discutir e tratar sobre o tema. 

Quais os principais riscos na falta de cuidado da saúde mental dos colaboradores?

Há alguns fatores que podem ser diretamente ligados a gatilhos que afetam a saúde mental: 

  • Volumes de trabalho ou limitações temporais excessivas;
  • Exigências contraditórias;
  • Falta de suporte ao colaborador;
  • Falta de clareza quanto ao papel do colaborador;
  • Comunicação deficiente;
  • Políticas inadequadas de saúde e segurança;
  • Horários de trabalho inflexíveis; 
  • Participação limitada na tomada de decisões ou baixo controle sobre a área de trabalho;
  • Comunicação organizacional e gerencial mal gerida.

Os riscos para a saúde mental ligada a esses fatores é muito grande, o que significa que devemos ter muita atenção sobre o assunto. Tudo isso pode ter custos para os colaboradores em termo de motivação e produtividade reduzidas, e um aumento nas taxas de turnover. Há também um grande impacto negativo no employer branding da empresa. 

O que a empresa deve fazer para cuidar da saúde mental? 

Desenvolver uma cultura organizacional estruturada, com estratégias e políticas que englobam o propósito e missão da empresa auxiliam muito para a criação de um ambiente saudável. Esse, por conseguinte, pode ser descrito como aquele em que os colaboradores e gestores contribuem ativamente para a promoção e proteção da saúde, segurança e bem-estar dos colaboradores.  

Planejamento estratégico da saúde mental e cuidado com os colaboradoresPowered by Rock Convert

As organizações devem ter 3 tipos de abordagem, segundo o guia feito pelo Fórum Econômico Mundial: proteger a saúde mental reduzindo os fatores de risco relacionados ao trabalho; promover a saúde mental ao desenvolver aspectos positivos de trabalho e as habilidades dos empregados; enfrentar casos de problemas de saúde mental independentemente da causa.

As empresas podem criar um ambiente de trabalho saudável entendendo as oportunidades e necessidades dos trabalhadores individualmente, os auxiliando a desenvolver melhores condições de trabalho, além de estruturar programas para a saúde mental. 

As intervenções a respeito da saúde mental precisam ser entregues como parte de uma estratégia integrada de saúde e bem-estar que cubra prevenção, identificação precoce, apoio e reabilitação. 

É importante, nesse sentido, que as empresas atuem juntamente com o propósito de reduzir o impacto do estresse no trabalho, já que a promoção de um ambiente laboral saudável influencia diretamente na sustentabilidade dos negócios. 

Portanto, investir em programas de prevenção e promoção da saúde mental demonstra o interesse da empresa em alcançar os objetivos e as metas, sem, contudo, deixar de lado todos os cuidados com o bem-estar corporativo. É um investimento com retorno certo!

Desenvolva ou contrate programas de saúde mental 

Desenvolver e aprimorar a temática sobre saúde mental e bem-estar na organização por meio da conscientização é uma forma simples e eficaz de lidar com o problema. Por meio de talks, palestras e workshops é possível falar sobre a importância do tema no ambiente de trabalho, sendo uma forma de prevenção capaz de diminuir os preceitos por toda a empresa. 

Além disso, ao se sentirem seguros na empresa, os colaboradores tendem a ser mais engajados e se sentem mais à vontade para falar sobre os problemas do ambiente de trabalho. 

Ofereça psicoterapia como benefício

Oferecer oportunidade e acessibilidade para realizar acompanhamento psicológico é extremamente importante e benéfico para a saúde mental do colaborador. Dessa forma, os trabalhadores conseguirão falar sobre seus problemas e lidar com eles da melhor forma possível, tornando o ambiente de trabalho muito mais agradável. 

Ademais, o psicólogo consegue identificar as amenidades presentes e dispõe de repertório para tratar as questões que atrapalham o desempenho no trabalho.

Ofereça terapias holísticas

A Terapia Holística é um conjunto de terapias que visam a promoção da saúde, a prevenção de doenças, alívio de sintomas e cura, através do cuidado integral do ser humano. 

Seus componentes, em sua maioria, têm berço na medicina oriental e trazem consigo uma mistura entre o conhecimento prático e científico. Baseiam-se principalmente em métodos de relaxamento, alívio de pontos gatilhos, manipulação de energias e mudanças nos hábitos de vida.

Técnicas como meditação, yoga, pilates, reiki, entre muitas outras auxiliam na produção do bem-estar e agem como forma preventiva no cuidado à saúde mental. 

A Holos oferece técnicas holísticas que são comprovadamente eficazes para a promoção do autoconhecimento, autocuidado e bem-estar. Para entender mais sobre nossas soluções para sua empresa, entre em contato conosco!