escuta ativa

Como a escuta ativa pode torná-lo um líder melhor

A escuta ativa é uma das ferramentas mais poderosas que você possui como líder – e pode ajudar a construir a confiança e a lealdade de sua equipe. 

Ouvir é uma habilidade fundamental de comunicação para uma liderança eficaz.

Ouvir a liderança será uma habilidade cada vez mais importante no futuro. As organizações darão mais importância à experiência dos funcionários.

No mundo pós-COVID que se aproxima rapidamente, a escuta ativa, a empatia e a inteligência emocional ganharão maior importância à medida que os funcionários e líderes continuarem a lidar com as consequências.

No local de trabalho digital de hoje, ouvir pode ser mais difícil do que nunca. Somos continuamente inundados por ondas de informações que lutam por nossa atenção. Assim como você está coletando suas ideias de uma reunião, você está indo direto para a próxima.

Ouvir é uma das ferramentas mais poderosas que você possui como líder. Ajuda você a construir confiança e a fomentar a lealdade. Isso permite que os outros saibam que eles são importantes para você e que você valoriza o que eles têm a dizer.

Infelizmente, muitos líderes não carregam essa consciência e nunca aprenderam a ouvir com eficácia. Na verdade, menos de 2% de todos os profissionais receberam treinamento formal para melhorar suas habilidades auditivas.

Mas, como praticar essa escuta ativa? 

Como líderes, precisamos abraçar a prática da escuta ativa. Essa prática se concentra em envolver seus funcionários a ponto de ficarem totalmente imersos no que eles têm a dizer. O objetivo é entender. Quando tornamos a escuta ativa parte de nossa rotina diária, construímos confiança, lealdade e relacionamentos fortes.

Um líder autoritário e crítico pode fazer com que seus funcionários tenham medo deles e não tenham vontade de se comunicar. Isso pode levar à disfunção da equipe e baixa produtividade.

Então, porque as habilidades de escuta são importantes? Aqui estão cinco outras maneiras pelas quais as habilidades de escuta o tornam um líder mais eficaz:

A escuta ativa aumenta sua capacidade como líder

Sempre podemos aprender com as pessoas ao nosso redor, incluindo nossos subordinados diretos. Ouvir com eficácia oferece conhecimento e perspectivas que aumentam sua capacidade de liderança.

Estar aberto a feedback e novas ideias de sua equipe ajuda você a aprender e crescer como líder.

Procure compreender antes de ser compreendido

Devemos ouvir com propósito.

Em nossas interações diárias normais, a maioria de nós está apenas esperando pela nossa vez de falar. Estamos sempre buscando um espaço aberto na conversa onde possamos direcionar a discussão para onde queremos que ela vá. 

Mas quando fazemos isso, desvalorizamos o que a outra pessoa está dizendo. Não os estamos ouvindo de verdade. Como você pode ajudar alguém com seu problema se não entende qual é o problema?

Requer paciência para ouvir com propósito. Saia do ciclo de formulação de uma resposta enquanto a outra pessoa ainda está pensando. 

Em vez disso, reserve um tempo para ouvir a tendência do que eles estão dizendo. As pessoas raramente compartilham tudo o que estão em suas mentes, mas se você estiver atento, geralmente pode ler nas entrelinhas. 

Não são apenas suas palavras que contam a história. O que sua linguagem corporal está dizendo? Que sinais faciais você está percebendo? Procure desvendar totalmente o que está acontecendo para poder fornecer a empatia e o suporte de que seus funcionários precisam.

A escuta ativa aumenta o engajamento

Não é suficiente simplesmente silenciar o mundo. Mostre à pessoa que você está ouvindo atentamente através de suas respostas e linguagem corporal: faça contato visual e faça afirmações verbais breves ou acene com a cabeça, modulando o tom de sua voz e também refletindo seus maneirismos corporais. 

Parafrasear o que a outra pessoa está dizendo também pode ser uma ferramenta útil para mostrar que você entende ou está buscando clareza. Quando você reserva um tempo para validar o que alguém está dizendo, ela se sentirá confortável em compartilhar mais.

Também é importante fazer perguntas poderosas. Essas perguntas devem ser abertas, onde você pressiona a outra parte a mergulhar mais fundo para uma maior compreensão:

  • “Por que você pensa isso?”
  • “Como você vê isso funcionando?”
  • “Você pode expandir esse ponto?”

A curiosidade deve alimentar essas perguntas e cada resposta deve ajudá-lo a compreender mais claramente o problema ou a situação. 

Planejamento estratégico da saúde mental e cuidado com os colaboradoresPowered by Rock Convert

Perguntas bem pensadas mostram à outra pessoa que você está envolvido na discussão e aberto para ouvir o que ela tem a dizer. Ao mesmo tempo, leia o seu público e esteja ciente que algumas perguntas podem ultrapassar os limites de forma inadequada. Esteja preparado para remodelar ou fugir de uma questão quando necessário e garantir à outra pessoa que está tudo bem em não seguir esse caminho.

Liberte-se do julgamento

Com a escuta ativa, é fundamental que seus funcionários se sintam livres para falar o que pensam. Para facilitar isso, evite interromper sua linha de pensamento, não se precipite em oferecer conselhos e deixe o julgamento de fora da conversa – essas são maneiras infalíveis de interromper a comunicação aberta e honesta.

Interromper sinais para a outra pessoa de que você não está realmente ouvindo. Diz: “Já formei minha opinião e não me importo com o que o resto do seu pensamento é.” A interrupção gera desapego, que você deve evitar. 

Ao introduzir julgamento na conversa, você desconsidera o estilo ou abordagem da outra pessoa. Só porque alguém não pensa da maneira que você pensa, não significa que ele esteja errado – o ponto de vista dele é apenas diferente do seu. Quando você adota essas diferenças, pode levar as pessoas onde elas estão, em vez de forçá-las a um modelo com o qual se sinta confortável.

Cultive o hábito da escuta ativa

É ótimo desenvolver a consciência sobre como se tornar um ouvinte ativo, mas a chave é colocar essas medidas em prática. Isso requer praticar a escuta ativa e formar novos hábitos por meio de suas interações com outras pessoas.

Para sua próxima reunião, planeje algumas maneiras de praticar deliberadamente técnicas de escuta ativa e crie o hábito de fazer perguntas poderosas. 

Se você achar difícil fazer isso em tempo real, pratique com amigos ou familiares antes de experimentá-los no local de trabalho.

Formar esses novos hábitos são a chave para o sucesso a longo prazo com escuta ativa. A escuta ativa pode ajudá-lo não apenas a reter mais informações, mas também a compreender melhor o que está sendo dito. Isso aumenta sua inteligência emocional e torna você um líder mais empático.

A escuta ativa permite que você entenda melhor as lutas de seus funcionários e evite mal-entendidos. Isso, por sua vez, pode ajudá-lo a identificar os problemas antes que se tornem sérios. 

Mostrar atenção compassiva às necessidades de seus funcionários ajuda você a desenvolver o relacionamento, a influência e a credibilidade necessários para liderar – e é a coisa certa a fazer. 

Ouvir é geralmente esquecido no local de trabalho

De acordo com um estudo de 2020 da Emtrain, 1 em cada 10 funcionários afirma não confiar que seus líderes ouviriam se eles fizessem uma reclamação.

Isso faz com que os funcionários sofram e não se sintam amparados, o que afeta seu desempenho.

Outros 31% dos funcionários disseram que seus líderes não têm empatia e não mostram interesse em seus subordinados diretos.

Líderes sem empatia são vistos como egoístas por suas equipes. Isso pode levar à deterioração do ambiente da equipe e afetar negativamente o desempenho.

86% dos funcionários acreditam que a empatia é importante no local de trabalho. No entanto, menos da metade concorda que seus colegas e líderes demonstram empatia.

A diferença entre ouvir e ouvir ativamente na liderança

A escuta ativa e empática pode melhorar a experiência do funcionário.

O LinkedIn identificou a empatia como uma tendência de negócios-chave para esta década em seu relatório de 2020, Global Talent Trends.

96% dos profissionais de RH e contratação que falaram com o LinkedIn afirmam que a experiência do funcionário está se tornando mais importante na era digital. 38% identificam a gestão aberta e eficaz como uma área de melhoria.

As empresas do futuro trabalharão para seus funcionários, não o contrário.

Como a Holos pode auxiliar na escuta ativa da sua empresa? 

A Holos tem como propósito auxiliar e promover a saúde mental e bem-estar da sua empresa. Por isso, contamos com profissionais capacitados que podem promover treinamentos e práticas de autodesenvolvimento e autoconhecimento.

Além disso, as práticas podem criar líderes e os tornar mais ativos, principalmente na escuta. Por meio do mindfulness, meditação ou até mesmo terapia sonora é possível desenvolver uma cultura organizacional mais capaz de ouvir. 

Fazemos gerenciamento das sessões e engajamento dos colaboradores com as práticas, ou seja, é possível identificar possíveis ruídos na comunicação geral. 

Se você gostou desse conteúdo e está pensando em implementar a meditação na sua empresa, entre em contato conosco e conheça as nossas soluções. Temos certeza que os seus colaboradores — e a corporação como um todo —  irão se beneficiar do que a meditação no trabalho pode proporcionar!

bem-estarPowered by Rock Convert