O que é qualidade de vida para você

O que é qualidade de vida para você?

Já parou para pensar em como a qualidade de vida é um conceito difícil de explicar? Para alguns, o termo está diretamente associado à saúde, para outros, se relaciona com a carreira e estabilidade financeira, e por aí vai.

Existe uma definição geral, estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a qual indica que a qualidade de vida se relaciona à “percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações”.

A partir dessa definição, claramente mais ampla, é possível perceber que entender esse conceito pode ser entendido de forma mais multidisciplinar, genérica e holística.

Qualidade de vida pode ser diferente para cada pessoa?

A resposta é: sim!

Tal como preconizado na definição feita pela OMS, a percepção sobre qualidade de vida perpassa, inevitavelmente, pela subjetividade de cada indivíduo. Isso acontece, pois, por envolver as mais diversas dimensões da vida de cada um, depende do nível de prioridade que cada um estabelece para cada uma dessas dimensões.

Em geral, envolve o equilíbrio entre os aspectos que o indivíduo considera mais relevantes para que se sinta bem, feliz e realizado. Por isso, as compreensões acerca da qualidade de vida podem ser tão variáveis.

Quais são os principais pilares da qualidade de vida?

Alguns pilares, via de regra, fazem parte do senso comum e do entendimento intuitivo de qualidade de vida: associa-se ao bem-estar, à saúde e à satisfação com o ambiente ao redor – seja familiar ou no trabalho.

A saúde

É um dos fatores que mais influencia a percepção de qualidade de vida e, por alguns, são até considerados sinônimos. Tal impressão encontra justificativa no fato de que, sem saúde, fica mais difícil alcançar as outras dimensões do bem-estar.

Aqui, é importante mencionar que saúde envolve as dimensões físicas e psíquicas, pois ambas são capazes de influenciar na compreensão e concepção que cada um tem sobre a própria qualidade de vida.

Vale lembrar, então, a importância de se manter hábitos saudáveis como a alimentação adequada, prática de exercícios físicos, meditação, entre outros, para a manutenção da saúde e, consequentemente, melhoria da qualidade de vida.

Os relacionamentos

As pessoas com quem nos relacionamos podem influenciar de forma muito significativa a qualidade de vida. O contexto familiar, círculo de amigos e mesmo os relacionamentos amorosos são, para muitos, pilar fundamental para manter o nível de satisfação com a vida e felicidade.

Por isso é tão importante escolher boas companhias – sempre que for possível -, de forma a estimular o crescimento pessoal e aproveitar melhor cada momento.

O lado financeiro e profissional

A sensação de realização profissional, em geral, influencia muito na percepção de qualidade de vida de cada um. Esse contexto envolve a satisfação com a função que é desempenhada, o ambiente de trabalho, o reconhecimento dos esforços, e diversas outras variáveis.

Planejamento estratégico da saúde mental e cuidado com os colaboradoresPowered by Rock Convert

A sensação de ser produtivo e fazer algo que de fato importa, para quem quer que seja, é um dos grandes fatores que influenciam o bem-estar no âmbito profissional.

Esses são apenas alguns dos principais pontos levados em consideração quando pensamos em qualidade de vida. A definição, no fim das contas, dependerá da individualidade de cada um e sua percepção de prioridades. Dessa forma, cabe a você analisar quais aspectos da sua vida são mais importantes e, assim, definir o que merece atenção mais especial na busca por melhoria da qualidade de vida!

Qualidade de vida e saúde mental 

A saúde mental, hoje, possui uma enorme importância na vida das pessoas e finalmente tem se discutido cada vez mais, fazendo com que esse tema deixe de ser um tabu. É cada vez mais comum vermos o aumento de casos de estresse crônico e crises de  burnout, depressão, ansiedade e tantos outros problemas psicológicos e emocionais. 

Com uma saúde mental debilitada, a pessoa fica cada vez mais deprimida e afasta os outros de si, dificultando relacionamentos, trabalho e até mesmo educação. Uma pessoa com a saúde mental prejudicada pode influenciar todas as pessoas ao seu redor e se sentir ainda mais culpada, dificultando o processo de cura. 

A saúde mental nos ajuda a manter a estabilidade, afastando de si doenças infecciosas, abusos de substâncias, alergias, doenças auto-imunes, etc. No entanto, há muitas consequências além dessas quando não prestamos atenção na saúde, bem-estar mental e emocional. 

Cuidar da saúde mental não é tão difícil quanto parece. Como dito anteriormente, manter uma alimentação balanceada, praticar exercícios físicos e mentais, fazer terapia e meditação auxiliam e muito na recuperação desses problemas. Além disso, não remoer tanto o passado, ter cuidado com a autossabotagem, perdoar-se e perdoar o próximo são elementos que podem ajudar no bem-estar emocional. 

O meio ambiente como fator na qualidade de vida

Estar em contato com a natureza traz diversos benefícios ao ser humano, melhorando e muito sua qualidade de vida. Esses dois fatores estão diretamente ligados para uma vida mais agradável. 

A preservação do meio ambiente é um fator importante para aumentar a qualidade de vida das pessoas, pois, vamos ser sinceros, o que há de melhor do que sentar em uma grama a sombra de uma árvore e relaxar, não é mesmo? 

Sobretudo, quando falamos sobre o meio ambiente, temos que ter a consciência de que somos organismos vivos que precisam viver em harmonia com a natureza. Nossa qualidade de vida depende proporcionalmente da saúde do meio ambiente, uma vez que precisamos de ar, água e outros elementos essenciais para sobrevivermos. 

Ou seja, nossa qualidade de vida está também diretamente ligada a qualidade do meio ambiente. Essa ligação é extremamente poderosa e necessária para mantermos um bem-estar físico e emocional. 

Qualidade de vida e terapias holísticas

As terapias holísticas podem ajudar e muito na busca pela qualidade de vida e bem-estar mental. Práticas como  yoga, reiki, meditação e terapias são a chave para uma boa saúde mental e consequentemente qualidade de vida, pois, não há como falar desses temas individualmente. 

Discutir sobre como a qualidade de vida é ligada a diversos outros aspectos são difíceis, uma vez que cada um tem seu objetivo e sua perspectiva de vida. Mas uma coisa é clara, sem saúde mental não é possível manter uma boa qualidade de vida. 

Dessa forma, cabe a você analisar quais aspectos da sua vida são mais importantes e, assim, definir o que merece atenção mais especial na busca por melhoria da qualidade de vida!

bem-estarPowered by Rock Convert