A Importância do Descanso Para a Qualidade de Vida

A importância do descanso para a qualidade de vida

O ritmo que a vida nos impõe é, muitas vezes, extenuante. São excessos que vêm de todos os lados: no trabalho, nos estudos, nos relacionamentos. Sem contar a quantidade de informações que recebemos e processamos durante todo o dia. Por isso, o descanso passa a ser uma grande necessidade.

É perceptível que se manter ativo fisicamente para melhor qualidade de vida é necessário. Hábitos saudáveis como fazer exercícios físicos, ter uma dieta balanceada e cuidar da saúde mental deveriam ser parte da rotina de todas as pessoas preocupadas com seu bem-estar. 

Não é possível falar sobre qualidade de vida sem mencionar a qualidade do sono e do descanso. Muito mais que dormir bem, descansar significa separar um tempo para relaxar e cuidar de si próprio.

Apesar de não se falar muito sobre a importância do descanso, inúmeros estudos mostram que os efeitos sobre o corpo e mente sem o descanso adequado pode ser devastador. Para aumentar a qualidade de vida, bem-estar e felicidade, é essencial entender como a falta de sono afeta seu corpo. 

Vamos entender um pouco mais sobre como é possível melhorar a qualidade de vida através do descanso?

O que é qualidade de vida?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), qualidade de vida é “a percepção do indivíduo de sua inserção na vida, no contexto da cultura e sistemas de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações”.

Essa definição permite perceber quão ampla é a compreensão da expressão. E ela não passa de uma percepção dos outros, e sim, sobre a visão que cada um tem sobre si próprio.

Para interpretar o conceito de qualidade de vida, é importante assimilar que ele se refere aos diversos âmbitos que envolvem nossa vida: saúde física, mental, psicológica e espiritual, os relacionamentos, o ambiente externo, crenças pessoais, etc.

Dessa forma, a busca pelo bem-estar passa pela criação de hábitos e realização de atividades que tragam satisfação, permitam o equilíbrio e contribuam para o alcance dos objetivos. Uma das rotinas mais importantes, para isso, é o descanso!

Por que o descanso é fundamental?

O corpo e a mente precisam de descanso. Muito mais que uma suposição, esse é um fato. Existem diversas pesquisas que demonstram os malefícios que a falta de pausa e relaxamento pode trazer.

Planejamento estratégico da saúde mental e cuidado com os colaboradoresPowered by Rock Convert

Dentre eles, é possível citar alguns efeitos imediatos como o aumento da irritabilidade, ansiedade e estresse, perda de foco, memória, atenção, produtividade, além de prejuízos a médio e longo prazo, tais como a diabetes, insônia, depressão, dores de cabeça, na coluna e diversos outros problemas crônicos.

Dessa forma, descansar apenas para evitar que os problemas acima citados surjam, já seria, por si só, um bom caminho. Mas o relaxamento e repouso podem trazer inúmeros outros benefícios, capazes de beneficiar a vida de forma holística – melhorias de ordem física, mental, espiritual e psicológica.

O descanso, no fim das contas, representa o respeito com o próprio corpo, uma vez que as pausas dão tempo para que o corpo reencontre o equilíbrio e renove as energias perdidas ao longo do tempo.

Com isso, podemos concluir que a falta de descanso possui sérias consequências. Portanto, iremos falar mais sobre algumas delas. 

A falta de descanso afeta não somente a capacidade mental e de acordo com pesquisas, dormir poucas horas aumenta muito as chances de sofrer uma quantidade de doenças, tais como:

  • Doenças do coração; 
  • Diabetes; 
  • Câncer; 
  • Pressão arterial elevada; 
  • Derrames cerebrais.

Mesmo não sofrendo problemas de saúde, a falta de uma boa noite de sono pode interferir no dia seguinte, atrapalhando várias outras funcionalidades do corpo. Nos homens, por exemplo, a testosterona diminui e faz com que eles tenham menos energia, sintam-se mais irritáveis e estejam mais expostos à depressão e ansiedade. 

Dormir pouco está diretamente relacionado com o cortisol, o “hormônio do estresse”. Esse hormônio, quando desregulado, pode afetar sua saúde em vários âmbitos, principalmente no sobrepeso e obesidade. 

Como descansar melhor

Na teoria parece fácil, não é mesmo? Na prática, sabemos que é mais difícil se isolar ou pausar os problemas e excessos para focar apenas no relaxamento. Entretanto, algumas dicas podem auxiliar a introduzir essa rotina no dia-a-dia:

  • Faça atividades físicas: se exercitar auxilia o corpo a gastar a energia acumulada, auxiliando na redução das tensões e também melhoria de outros aspectos da saúde. Além disso, colabora para o bem-estar mental, proporcionando certa folga momentânea das demandas e urgências.
  • Pratique meditação: A meditação é um dos exercícios mais indicados para auxiliar aqueles que têm pensamentos e rotinas muito aceleradas. A prática possibilita relaxamento físico, espiritual e autoconhecimento, pilares fundamentais para uma boa qualidade de vida.
  • Dedique-se ao lazer: o descanso não se associa apenas ao tempo investido no sono. Dedicar-se a um lazer de qualidade, que traz alegria e satisfação é também uma forma de descansar. Alguns desses programas podem até trazer cansaço físico, mas são fundamentais para a saúde mental, para os relacionamentos e socialização.
  • Escolha boas companhias para relaxar: é cada vez mais difícil conseguir se desligar dos problemas para descansar e se distrair. Portanto, não dá para desperdiçá-lo com pessoas que sugam nossa energia, ou trazem à tona mais complicações. Assim, se não for passar o tempo de descanso sozinho, é essencial escolher bem quem dividirá esses momentos com você.
  • Tente ir para cama sempre no mesmo horário. Para descansar bem, é necessária uma boa noite de sono, caso contrário, no dia seguinte você irá acordar mais cansado ainda. Algumas dicas que podem ajudar na questão do sono, além de sempre deitar no mesmo horário são: evitar as telas da TV e do celular pelo menos 30 minutos antes de dormir; praticar um exercício de respiração ou meditar antes de dormir; evitar alimentos de difícil digestão no jantar.

À vista de tudo isso, fica fácil perceber que o descanso não passa apenas pelo desligamento em relação aos problemas, é também um processo de escolha e postura ativa de cada um em busca da sua própria saúde, bem-estar físico, emocional e acima de tudo uma qualidade de vida!

 

bem-estarPowered by Rock Convert