É Melhor Praticar Yoga Sozinho Ou Em Grupo?

É Melhor Praticar Yoga Sozinho Ou Em Grupo?

Com a internet, tem-se acesso à praticamente todas as informações desejadas. Com isso, passou a ser comum que muitas pessoas se tornem autodidatas em diversas práticas e áreas do conhecimento. Em alguns contextos essa possibilidade traz diversos benefícios, mas, em outros, requer que sejam tomados alguns cuidados.

Esse é o caso de atividades físicas – como a Yoga. A prática possui a vantagem de envolver exercícios que podem ser executados em quase todo tipo de ambiente, entretanto, alguns riscos devem ser levados em consideração antes de optar por fazê-la sem acompanhamento.

Entenda, neste post, se praticar Yoga sozinho é uma opção adequada para você!

Quais os benefícios de praticar Yoga em grupo?

Praticar Yoga é sempre uma grande possibilidade de evolução física, espiritual e psicológica. Quando realizada em grupo, algumas dessas perspectivas podem ser potencializadas, tais como:

  • A energia do grupo: de forma geral, sentir a energia do grupo pode ser um grande estímulo para evoluir na prática. Além disso, a sensação de que vários corpos estão vibrando em uma mesma frequência auxilia na superação das dificuldades.

 

  • Socialização: a Yoga em grupo proporciona o encontro de pessoas que têm diferentes histórias, mas alguns objetivos em comum. O convívio promovido pode auxiliar também a enfrentar problemas de ordem física, mental e/ou espiritual.

 

meditação no trabalhoPowered by Rock Convert
  • Supervisão profissional: esse é um dos benefícios mais importantes, pois, além de orientar no sentido de garantir a prática correta dos exercícios e filosofia da Yoga, o profissional também é capaz de desenvolver e verificar se cada exercício, em específico, é adequado para a sua saúde.

Quem nunca fez em grupo pode fazer Yoga sozinho?

Para quem está iniciando a prática de Yoga, é sempre recomendado o acompanhamento de um profissional capacitado.

Esse aconselhamento é importante pois a Yoga é mais que a repetição de exercícios e posturas. É, no fim das contas, uma filosofia de vida, uma forma diferente de pensar e ver o mundo.

Existem vários estilos diferentes, e para compreender qual deles se adapta melhor ao seu momento e estilo de vida, é necessário praticá-lo com alguém que já possua conhecimento prévio e experiência no assunto.

Quais cuidados tomar ao praticar Yoga sozinho?

A primeira recomendação é: se você é iniciante, busque orientação profissional antes. Em seguida, se você já se sente seguro para praticar Yoga sozinho, lembre-se de algumas dicas:

  • Tenha clareza sobre a técnica que foi aprendida;
  • Lembre-se das técnicas contraindicadas caso você possua alguma condição de saúde específica;
  • Ouça os sinais do seu corpo e não ultrapasse seus limites;
  • Tente sempre se manter informado em relação às técnicas de Yoga e sempre busque mais informações;
  • Esforce-se para inserir a Yoga na rotina, tornando-a uma atividade regular;
  • Prepare um ambiente e materiais adequados.

Todas as técnicas direcionam o praticante à sensação de atenção plena para o momento presente e a autoconsciência, proporcionando uma melhor percepção sobre os próprios sentimentos, pensamentos e ações.

Por isso, para que sejam alcançados os objetivos de autocuidado e evolução do corpo, mente e alma, recomenda-se que a Yoga passe a fazer parte da rotina e que seja uma constância para quem a pratica. Sem deixar de lado, claro, o cuidado com os riscos envolvidos!

Para você, é melhor praticar Yoga sozinho ou em grupo? Conte pra gente nos comentários!

bem-estarPowered by Rock Convert