Por Que Devemos Ouvir Nossa Criança Interior?

Por Que Devemos Ouvir Nossa Criança Interior?

Outubro é sempre lembrado como o mês das crianças. Os pequenos recebem atenção, são lembrados, mimados e presenteados e a alegria dos adultos é vê-los alegres. Já parou para pensar: por que também não nos tratamos da mesma forma? Dentro de cada um de nós existe uma criança interior, a qual deseja atenção, cuidado e carinho.

Assumir e dar voz à inocência, criatividade e sensibilidade que existe em você é um caminho para a plenitude e auto aceitação! Neste post, a proposta é: que tal conhecer e ouvir mais a sua criança interior?

O que é a criança interior?

Para entender o que quer dizer “criança interior” basta resgatar na memória duas lembranças: a da sua infância e também a dos pequenos que você conhece.

Quais características vêm à sua mente? Talvez você tenha pensado na inocência, carinho, criatividade, ausência de preocupações, leveza, imaginação, alegria, dentre tantas outras sensações que permeiam as lembranças da infância.

A criança interior é, então, aquela saudosa parte infantil que existe em nós e que representa nossa capacidade de agir de acordo com as características lembradas acima, bem como outras que fazem parte da essência das crianças.

É importante lembrar que nem todas as lembranças da infância tem sabor doce: algumas são, inclusive, bastante amargas. Mas mesmo elas – ou, principalmente, elas -, precisam ser ouvidas, compreendidas e ressignificadas para que possamos seguir em frente de forma mais leve.

Por que precisamos ouvir nossa criança interior?

Com o passar do tempo, é muito comum que cada um de nós cale as vozes da criança que temos dentro de nós – tanto aquilo que é espontâneo e positivo quanto aquilo que traz algum tipo de dor ou insegurança.

meditação no trabalhoPowered by Rock Convert

A criança permanece, faz parte de você e está sempre pronta para ser lembrada e sentida. Tentar silenciá-la e evitar o confronto com as próprias frustrações da infância pode estar te impedindo de ser um adulto realizado, completo e feliz.

A importância de ouvir a criança interior que cada um tem dentro de si também encontra explicações na nossa infância, dado que, nesse período, acontece grande parte da formação da nossa personalidade, crenças e emoções.

Não é à toa que tantas pessoas carregam durante toda a vida dores da infância, mantendo percepções e energias negativas que trazem tantos prejuízos à saúde física, mental e espiritual. As inseguranças da infância, quando mal resolvidas, criam adultos com diversas questões que dificultam a auto aceitação e também o relacionamento com os outros.

A falta do olhar para dentro de si, mergulhar para compreender as próprias fragilidades, desejos e necessidades pode criar mecanismos de autopunição e autossabotagem que, mesmo inconscientemente, impedem o alcance da plenitude de ser.

Acolher as dores e as delícias da sua criança interior é uma responsabilidade individual: ninguém poderá suprir essa necessidade por você.

Ouça-se e ame-se!

Se você sente que sua vida é cheia de fardos, experimente ouvir mais sua criança interior, dar voz à sua espontaneidade e verdadeira essência! Assim, você poderá aprender a cuidar de você mesmo com amor, respeito, carinho, empatia e compaixão e curar as suas dores mais profundas.

Quais são as principais lembranças da sua infância? Compartilhe conosco nos comentários!

bem-estarPowered by Rock Convert